quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Entrevista com Elisson Carlos - Organizador do AnimOkay


____________________________________________________________________

ATUALIZANDO: O valor dos ingressos é de R$ 15,00; sendo o preço de antecipado R$ 10,00. Caravanas pagam a preço de antecipado
____________________________________________________________________

Como o encontro AnimOkay vem se aproximando, nós do Kalango Alpha decidimos realizar uma pequena entrevista com Elisson Carlos, idealizador, fundador e um dos organizadores do projeto.
As perguntas foram boladas sem a pretenção de ser formal ou pedante, para que o próprio entrevistado pudesse responder com maior naturalidade. Eis que somos presenteados com as sinceras impressões da cabeça por trás do AnimOkay.




[Kalango Alpha] Como surgiu a ideia de criar o AnimOkay?

[Elisson Carlos] "A ideia surgiu a partir do momento em que eu e alguns amigos (principalmente meu primo) íamos aos eventos fora. Com o passar do tempo começamos a convidar alguns amigos e vimos que tinha muita gente com o mesmo gosto que o nosso. Com o tempo fizemos caravanas levando até ônibus lotados para eventos fora da cidade! Então pensei comigo: 'se tem tanta gente que gosta de ir pra os eventos fora, por que não fazer um aqui?' e comecei a agir em segredo (risadas). Só depois convidei dois amigos para me ajudar"



[Kalango Alpha] Quais as principais diferenças entre a primeira e a última edição do AnimOkay?

[Elisson Carlos] "A diferença tá principalmente na experiência. O primeiro, como falei, fiz todo sem tem muita noção do que estava fazendo (risadas); os demais já foram melhor elaborados, com atividades que você só encontra aqui - algumas que até já foram copiadas por outros eventos (risadas)"



[Kalango Alpha] Qual o principal público que o AnimOkay atrai?

[Elisson Carlos] "O diferencial do AnimOkay está justamente nisso, atraímos diversos tipos de públicos. Desde o carinha mais nerd fã de Star Wars ao cara que vai só pra ver a galera sofrendo no concurso de comida (risadas)"



[Kalango Alpha] Quais as expectativas para esse ano?

[Elisson Carlos] "Como sempre, são boas. A cada ano o evento conquista novos fãs"



[Kalango Alpha] Qual lembrança mais querida que você guarda dos AnimOkays anteriores?

[Elisson Carlos] "Tem várias, visse. Vou citar uma de cada ano: 

Na primeira edição teve um momento em que um dos palestrantes convidados falou emocionado que nunca tinha sido tão bem tratado em nenhum outro lugar que foi;

Na segunda edição, um momento de brincadeira com o dublador Charles Emmanuel após o evento, quando o mesmo saiu do local da palestra, se escondendo atrás de um carro. Quando saimos pra procurar por ele, ele sai de tras do carro gritando 'É hora de virar herói' e sai correndo  pelo local do evento (risadas);

Na terceira foi quando um garoto da cidade disse que a única coisa boa que tinha acontecido em todos os tempos aqui (Itambé), foi o AnimOkay;

Na quarta, foi poder realizar um sonho de uma garotinha em conhecer o 'youtuber' favorito dela;

Mas a que mais marcou foi na quinta edição (ano passado) quando a maquiadora Naira estava desenhando na barriga da minha esposa que estava grávida com 3 meses. Antes de batermos a ultrassonografia, ela desenhou duas sementes, uma rosa e uma azul, e o grão do feijão apontava pra o lado azul, então eu brinquei com ela (minha esposa) falando que tava adivinhando que seria menino e realmente, 2 dias depois batemos a ultra e vimos meu meninão."



[Kalango Alpha] Uma mensagem aos paraibanos, convite para que compareçam ao evento.

[Elisson Carlos] "Bom,  espero todos aqui, pois além de estarem se divertindo estarão proporcionando a nós, a chance de fazer quem não tem tanto motivo pra sorrir ter um momento de alegria, que são as crianças que recebem os brinquedos do natal solidário Animokay!"




E foi com esse gesto mais que bacana em ceder uma curta entrevista com o Kalango Alpha que a nossa conversa terminou.
Espero podermos contribuir melhor com a disseminação do evento não só aqui na capita paraibana, mas no eixo da mata norte pernambucana e região metropolitana de Recife e João Pessoa.
.
.
.
Clovis de Castro fez a entrevista e agradece a Elisson Carlos por ter respondido com tamanha prontidão e entusiasmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário