sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Revista Rafa Animes Vol. 6 Para Download!



   Ufa! Demorei, Rafael, mas aqui está. Faz um tempão que o Rafael Santos fechou a edição e estive para fazer a postagem no blog, mas cá está (antes tarde do que nunca) - Enquanto há vida, há esperança...[?]...

   Nesta edição contamos com um monte de notícias legais, e outras nem tão legais assim, como o fato do mítico Berserk de Kentaro Miura ter voltado ao hiato. Juro que HunterXHunter e Berserk daqui a uns dias vão ter mais edições publicadas que gibis da Turma da Mônica, sério.
   Apesar do mercado japonês está saturado de desenhos e quadrihnos repetitivos e chatos, parece haver uma esperança nessa nova safra de 2017. Ao menos é isso que professa a Rafa Animes desse mês de outubro.

O que encontraremos nessa edição:

The Strike Blood, mangá Spinoof da revista Dengeki Bunko Magazine;
Ao No Exorcist, o novo arco do anime;
One Punch Man, nova temporada confirmada;
Taboo Tatoo, mangá na reta final;
Berserk, o mangá volta a hiato (de novo);
Orange, o último episódio do anime será especial;
Gintama, novidades em anime e mangá;
Fairy Tail, 500 capítulos até o momento;
Naruto, enfim o fim;
D.Gray-Man, mangá paralizado;
Kimi no Na wa, prêmios em cima de prêmios;
Dies Irae, das light novels às telinhas;
Digimon Adventure Tri, esperem pela 4ª parte;
TOP 20: Melhores canções de animes da década de 1990 por artistas femininos;
Crítica: HQPB 2016, O Maior Evento de Cultura Pop Paraibano!;
Agradecimentos.

Gostou, confira a Rafa Animes no Facebook: Rafa Animes

.
.
.
Clovis de Castro escreveu o texto e vai assistir Orange com sua Mãe.

Kalango Musical - Ela Não Dá Bola Pra Mim (Mutenroshi dos Teclados Cover)

   Enfim inauguramos o quadro 'Kalango Musical' e começamos muito bem, por sinal! Nesse nosso primeiro vídeo, o colega Jordes Oliveira coverizou um já consagrado clássico do Mutenroshi dos Teclados, 'Ela não dá bola pra mim'.


   Arranjo 100% 'Polentinha do Arrocha' e letra do poeta Rafael Vasconcelos. Agradecemos o apoio e autorização do amigo Rafael. Obrigado.

   Então, gostou? Quer mais? Continue a nos acompanhar. E não se esqueça: Curta, Compartilhe e se Inscreva no canal para receber as atualizações que em breve estarão por vir.
.
.
.
Clovis de Castro escreveu o texto e gostou bastante do cover;
Jordes Oliveira cantou, editou e publicou o vídeo e... beijo pras meninas!;
Dhenner Barros não fez lá muita coisa, mas cantará nas próximas músicas do Kalango Musical.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Kalango Alpha no HQPB 2016! Parte 2

   Depois de bastante esforço, saiu o segundo vídeo do Kalango Alpha no HQPB. Dessa vez, o colega Jordes Oliveira decidiu aparecer e o material ficou ainda mais divertido e engraçado que o último, então não perca!


   Já sabe, né? Curta, compartilhe e se inscreva no canal, pois isso nos ajuda bastante a continuar com esse tipo de atividade!
.
.
.
Clovis de Castro escreveu e apresentou no vídeo, e achou que se saiu muito bem...
Jordes de Oliveira editou e apresentou no vídeo, e atrasou o lançamento do vídeo...
Dhenner Wylliam gravou o vídeo e deu um monte de pitacos para que saísse essa beleza! 

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Kalango Alpha no HQPB 2016! Parte 1

   Bem, pessoal! Demoramos bastante na edição de vídeo, contudo eis que está enfim pronto: o primeiro dia do Kalango Alpha no HQPB 2016! E se você leu a minha resenha sobre o evento, agora o amigo irá assistir o que rolou por lá.


   Já sabe, né? Curta, compartilhe se inscreva no canal e aguarde a Parte 2 que promete ser ainda melhor!
.
.
.
Clovis de Castro entrevistou, escreveu o texto e está ansioso pelo próximo vídeo;
Dhenner filmou e ficou com vergonha de mostrar as fotos em que ele aparece no HQPB;
Jordes Oliveira editou o vídeo e estava com um misto de febre amarela e caxumba no primeiro dia do evento, motivo esse que o impossibilitou de marcar presença.

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Animes que amamos: Cowboy Bebop

No original, foram produzidos 26 episódios de 20 min. cada mais um longa metragem (o já citado Cowboy Bebop: O Filme). A série gira em torno de Spike Spiegel, o marciano caçador de recompensas e Jet, também conhecido como Black Dog, ex-policial de Ganymede que após a aposentadoria se tornou um caçador de recompensas. Cada episódio tem um arco completo, aos quais não há ordem cronológica, com exceção de alguns poucos episódios que nos apresentam os novos tripulantes da nave Bebop: Faye Valentine, a golpista; Ein, o cão; e Ed, a hacker e outros que giram em torno do passado  dos protagonistas da série, em especial o passado sombrio de Spike, sendo o último episódio o desfecho da série, sem ganchos para continuação.

Jet ou 'Black Dog', ex-policial e parceiro de Spike

Por que assistir Cowboy Bebop?

São vários os motivos que podem te levar a assistir Cowboy Bebop:

1) Roteiro fantástico, cada episódio tem a sua própria identidade.

2) Desfechos interessantíssimos e imprevisíveis. Alguns episódios nos remetem ao passado dos tripulantes da nave Bebop, o que acaba revelando bastante sobre eles e de quebra explicando outras coisas como "quando os humanos colonizaram outros planetas?" ou "o que aconteceu com a Terra?" - o planeta mais pobre do sistema solar.
   Outra coisa que fecha esse raciocínio é a perspectiva do passado, presente e futuro das personagens secundárias e antagonistas acerca do mundo em que vivem. Sei que pode parecer estranho ou pouco esclarecedor, contudo no desenrolar dos episódios ao mergulharmos na história dos vilões notamos que a eles não são tão maus como poderíamos imaginar, ou que os tripulantes da nave Bebop eram exatamente como essas pessoas que eles estão caçando.

Ein, o mascote da nave.

3) trilha sonora rica e variada. Aliás, esse último ponto nos leva a um dos fortes pontos da série: a música. Há um sem número de referências à gêneros musicais, inclusive no próprio nome da série: "Bebop" vem de uma variante do Jazz, de batida acelerada e vibrante. Ou mesmo nos títulos dos episódios: tal qual Sympathy fot the Devil, grande sucesso dos Stones; Toys in Attic, álbum do Aerosmith; Bohemian Rhapsody, a sinfônia do Queen e outras claras referências à bandas.

Faye Valentine: a trambiqueira do grupo.

4) Personagens de Personalidade e Ricos em Características Marcantes. Nenhum dos tripulantes da Nave Bebop se parece com nenhum outro personagem que você já conheceu. Sério. Às vezes comparo Kenshin Himura (Samurai X ou Rurouni Kenshin, como preferir) a Spike; Ed a Kaolla (Love Hina, apesar do autor Ken Akamatsu ter confessado que se inspirou na Ed para fazer Kaolla); Faye e Jessie (Pokémon), mas são sempre comparações superficiais. Enfim, os personagens foram bem construídos, de modo que eles são tão únicos e originais quanto as pessoas que marcam nossas vidas a ponto de nos lembrarmos delas sempre.

Ed 'Edward Wong Hau Pepelu Tivrusky IV': A tripulante hacker. Sim, Ed é uma menina.

Curiosidades:

*Foram lançados mangás da série devido ao grande sucesso do anime, originalmente contabilizando 3 volumes tahnko fechados. No Brasil, lançado pela editora Jbc, o mangá de Cowboy Bebop teve 6 volumes meio-tahnko;
   **O nome verdadeiro da Ed é Françoise Appledelhi;
   ***Os eventos mostrados em Cowboy Bebop - O Filme ocorrem entre os episódios 22 e 23 da série de TV;
   ****O título completo do filme nos Estados Unidos inicialmente seria "Cowboy Bebop: Knockin' on Heaven's Door", porém devido à disputa por direitos autorais da música "Knockin' on Heaven's Door", de Bob Dylan, a Columbia TriStar decide por alterar o título do filme para "Cowboy Bebop: The Movie".

Spike Spiegel, o protagonista da série.

Do Ponto de Vista Pessoal: O Que Acho de Cowboy Bebop

Se você curte animes certamente já ouviu falar de Cowboy Bebop,. O fato é que tudo em Cowboy Bebop é fantástico e inclusive indico a todos pelo simples fato de ser um dos meus animes prediletos. Tudo foi feito de forma meticulosa e detalhista a ponto das críticas serem favoráveis em sua maioria. Cowboy Bebop vai muito além de uma animação cult. E digo mais: Spike & Cia quebrou alguns clichês característicos nas animações japonesas, sendo uma das criações mais interessantes e originais jamais lançadas e por vezes classificado como um dos animes mais bem recepcionados no ocidente.
   Lembro de ter passado no Cartoon Network o mítico Cowboy Bebop: O Filme, lá em meados dos anos de 2000 ou 2001, quando tinha apenas seis anos de idade. Desde então me tornei fã do anime. Acredito que fui imparcial no julgamento da série (bem, confesso que não fui tão imparcial quanto poderia) e justo, tanto para com os leitores que conhecem Cowboy Bebop quanto para os que ainda não conhecem (ênfase no 'ainda', certamente você assistirá).

O texto acabou, mas nos veremos de novo em breve...
.
.
.
Clovis de Castro escreveu o texto e recomenda Cowboy Bebop a todos!

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Kalango Alpha no HQPB 2016! Veja o que Aconteceu no Maior Evento de Cultura Pop Paraibano!

Da esquerda para direita: Jordes-Clovis-Dhenner

Nos dias 24 e 25 de Setembro tivemos o HQPB 2016, a oitava edição do evento que deixou saudades a todos que tiveram a chance de participar. Particularmente, gostei bastante da organização do evento e das atrações dessa edição. E é por isso que decidi escrever uma resenha crítica acerca do evento!

O que me chamou atenção logo de cara, foi a entrada. Em outros eventos tive de enfrentar fila de espera, mas nesse eu simplesmente entrei, simples assim! e no domingo aconteceu a mesma coisa, sem filas ou revistas constrangedoras que não tem o condão de evitar que bebidas alcoólicas ou objetos cortantes entrem no evento, mas evitar que você entre no evento com itens que podem ser consumidos no evento, trocando em miúdos, VENDA CASADA!

Trecho da palestra com os criadores de conteúdo

Outra coisa legal foi o fato de todo o espaço do evento ter sido utilizado, deixando a sala de exibição de vídeos num espaço isolado, de modo que quem assiste os vídeos não ouve o barulho do que estava rolando no lado de fora. Da mesma forma aconteceu na palestra dos criadores de conteúdo; no torneio de LoL; e no workshop de desenvolvimento de personagens.

O que rolou no Workshop de 'Criação de Personagens'

O pessoal compenetrado no Workshop

Sala de exibição de vídeos

...Sim, passava Dead Pool!

A turma aqui esperando pelo Lolzinho.

Algo que senti realmente falta foi o pessoal do Just Dance, que reúne uma série de pessoas para a jogatina não vi um 'stand' no evento.

Um dos pontos altos do evento foi sem dúvida a aparição de Gilberto Baroli e Carlinhos Silveira no Palco principal. Me senti criança mais uma vez ao ouvir as vozes dos cavaleiros mais fortes de Athena!

O mais perto que conseguimos chegar dos Cavaleiros de ouro Saga de Gêmeos e Shakka e Virgem


Uma coisa é certa: quem faz um evento são os cosplayers, e cosplayers tivemos às dúzias!
Cara, o pessoal foi bastante receptivo, seja para tirar fotos conosco do Kalango Alpha ou ceder as entrevistas presentes no vídeo que fizemos (o vídeo será postado em breve). Ver algumas das customizações de personagens que fizeram parte de sua infância é algo incrível, além da possibilidade de trocar ideias sobre animes, séries, quadrinhos etc. com o pessoal.
A paixão dos cosplayers é algo notório. Afinal, inúmeros deles viajaram horas de ônibus, fantasiados, só para estar ali afim de um dia de diversão, fazer novos amigos etc.

____________________________________________________________________

Você encontra as fotos que tiramos com os cosplayers acessando esse link: KalangoAlphaÁlbum
____________________________________________________________________

Os amigos Dhenner e Jordes, veteranos no evento, gostaram principalmente da interação entre o público e os organizadores, o que nem sempre acontece. No entanto, acho que um balcão de informações seria bastante bem-vindo, e nessa edição do HQPB esse balcão fez falta.

Outro ponto forte no HQPB, talvez o mais importante, foi o stand da Comix que trouxe inúmeros quadrinhos. Dos americanos aos nacionais; dos asiáticos aos europeus. Só o fato do stand da Comix estar lá já valeu a ida ao evento.

"Alguém disse gibi?"

Os quadrinhos da L&PM Pocket estavam lá nos stands da Comix! 


"Pegasus, protege o teu cavaleiro..."

HQs...

...e mais HQs!

Já falei o quão legal foi interagir com o pessoal? Então, papeamos e papeamos com quem lá estava. Ouvimos críticas positivas e negativas acerca do evento, falamos sobre as nossas expectativas para o próximo ano.

'RPG'zeiros em ação!

Pokémonzeiros de plantão!

Sobre essa galera... bem... eu só cheguei e pedi uma foto, nada mais.

Tocava Here I Go Again no Rock Band!

Agradecimentos especiais aos nossos amigos e incentivadores, como o grande (em coração e tamanho mesmo) Rafael Santos da Rafa Animes; Luiz Felipe e toda equipe do Nerdebate que, além de terem cedido entrevista, tiraram fotos conosco; Sergio Peixoto, organizador do evento e referência para esse projeto; e a todos que contribuíram direta e indiretamente para tornar o HQPB 2016 o evento que foi. Dentre essas pessoas citarei as seguintes:

Esse foi o 'stand' de arco e flecha do Paulo
____________________________________________________________________

Escola de Tiro com Arco: Instrutor Paulinho.
Tel.:(83) 9 8796-0256

Na Associação dos Servidores da Polícia Federal (ANSEF), Bancários, João Pessoa - PB
____________________________________________________________________



Salvo engano, esse foi o 'stand' da Enistore
____________________________________________________________________

Enistore: A maior loja online do nordeste de boardgames, cardgames, acessórios etc.

Tel.: (83) 9 9692-3313

Link da Loja: ENistore
____________________________________________________________________



'Stand' do Calangão RPG
____________________________________________________________________

O Calangão RPG - A sua Quest Começa Aqui!

Tel.: (83) 9 9662-1571

Link do Calangão: O Calangão RPG no Facebook
E-mail para Contato: ocalangaorpg@gmail.com
____________________________________________________________________


Obrigado a todos e até o ano que vem!
.
.
.
Clovis de Castro escreveu o texto e já está com saudades do HQPB 2016;
Jordes Oliveira está editando algum vídeo e encontrou um monte de amigos lá;
Dhenner Wylliam gravou o vídeo e comprou uma pulseira superlegal!